contato@goema.com.br Atendimento: (11) 3643-5177

Aplicações

A válvula de alívio 550 é ideal para instalações em indústrias químicas, saneamento, galvânicas, etc. Evitando aumentos de pressão além dos limites permitidos. Atende, a princípio, três funções básicas:

  • Abrir a uma pressão pré-determinada.
  • Descarregar todo volume previsto no dimensionamento, na sobrepressão determinada.
  • Fechar dentro do diferencial de alívio permitido, com a vedação inicial.

Construída em material sintético podendo operar em meios líquidos ou gasosos.

Construção

A válvula é composta por três partes básicas: O corpo, o diafragma e o castelo no qual está o mecanismo de ajuste controlador e regulador de pressão. O corpo é em material sintético, diafragmas em diversos materiais e o castelo em PVC, PP ou PVDF. A válvula poderá ser fornecida em todos os tipos de conexões.

Dimensões

DN Ød L C A B f g t
15 20 124 16 160 82 26 M6 50
20 25 144 20 160 82 26 M6 50
25 32 144 22 160 82 26 M6 50
32 40 174 26 180 100 40 M8 60
40 50 194 31 180 100 40 M8 60
50 60 224 39 180 130 40 M8 60

Vantagens

  • Compacta, dimensões reduzidas ocupando pouco espaço
  • Leve
  • Resistente e funcional em meios agressivos
  • Abre a uma pressão de ajuste. Mantém-se vedada por mola até a pressão determinada para abertura.
  • Imune a ambientes corrosivos.
  • Aceitam qualquer tipo de conexão.
  • Permitem fluxo nas duas direções.

Dados técnicos e especificações para encomenda

  • Pressão do fluído de operação: 0 .. 10 bar
  • Pressão mínima para abertura: 0,5 bar
  • Tipos de fluídos: Conforme resistência química dos materiais do corpo e diafragma.
  • Temperatura máxima: PVC – 60 °C / PP – 80 °C / PVDF – 100 °C
  • Viscosidade máxima do fluído de operação: 400cSt = 53°E
  • A válvula mantém-se vedada independentemente da direção do fluxo,pelo menos até 10 bar de pressão de linha (1 bar – 1 kgf/cm²)

Informações adicionais

Se possível solicitamos informar adicionalmente:

  • 1- Pressão de operação (da linha).
  • 2- Pressao para atuação da válvula.
  • 3- Fluído e temperatura de operação.
  • 4- Viscosidade do fluído de operação.
  • 5- Para flange a norma DIN ou ANSI.
  • 6- Para conexão rosqueável, tipo de rosca NPT ou BSP.